Fugacidade

Conflitos, dúvidas, mudanças, internet, livros, televisão, revistas, outdoors. Tantas informações e tão constantemente superficiais. Leio páginas e páginas. Sei que absorvo mais do que imagino, mas geralmente me concentro em poucas afirmações e não raras vezes, nas mais fúteis - como no caso do Napoleão córsego.

E o mundo parece impalpável, distante e fugaz. Do mesmo jeito, são os meus pensamentos que se formam e dissolvem. As soluções achadas em sonho, tão logo acordo, se dissolvem. E essas eram, justamente, as mais perfeitas. Inclusive meus textos tornaram-se evasivos!

2 comentários: