Alegoria da mãe

Muitas vezes autoritória e repressora. Mas como em tudo que é humano, traz  em si, esperança e amor. Estes se revelam em sua plenitude, quando estamos a beira do colapso e ansiamos nada além da compreensão. Aí ela nos põe no colo, confessa suas fraquezas e erros e nos mostra que a felicidade não é uma quimera inalcansável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário