GRU, 07 de junho de 2011

Acabei deixando meu diário de viagens em Teresina. Ele me traz lembranças que não sei se quero recordar agora. Passei mais de um mês fora de casa e ainda não estou voltando para lá. Um mês no Rio e alguns dias em São Paulo. Dias maravilhosos e intensos. "Eu quero curtir!", ouvi isso algumas vezes. A Lapa é algo fora do normal, um portal para uma realidade paralela. Difícil descrever... inúmeros personagens esquisitos. Gente de todo tipo, muita gente. Um ambiente sórdido que nas sextas abriga uma alegria incomum. Talvez abrigo para os que perderam o sentido da vida.

(continua)

3 comentários:

  1. Um francês perdeu o sentido da vida na Lapa, caiu do bondinho e acabou morrendo...

    ResponderExcluir
  2. como assim passou por SP e nem deu um toque?

    ResponderExcluir
  3. Acho q mtus tb vão pra Lpa pra enocntrar o sentido da vida.. fora de suas vidas!
    Pior foi eu Cícero... ela passou no RIo..me deu um toque e eu nemsai pra uma birita rs

    ResponderExcluir