Fumaça

Moro perto do aeroporto. Acostumei-me a ouvir os aviões pousando e decolando. Porém hoje, um avião parecia brincar, a zoada não cessava, nem representava uma trajetória retilínea. Resolvi então verificar o que se passava. Um avião da Esquadrilha da Fumaça, havia vindo me dar bom dia. Quase que toco suas asas. Coloquei meus óculos escuros e fiquei a ver o espetáculo da minha janela. 

Lá longe, pareciam até passarinhos.


2 comentários:

  1. Voa voa passarinho, voa voa direitinho... na palma da minha mão.. =)

    ResponderExcluir
  2. Cai cai balão, cai cai balão
    Aqui na minha mão
    Não vou lá, não vou lá
    Tenho medo de apanhar!

    ResponderExcluir