Ironia

Eu moro na frente de um "Hospital de Fraturas". Tão ruins são as calçadas dessa cidade que qualquer dia desses, deusmelivre, me aproveito da conveniência de morar na frente de um hospital, um hospital de fraturas.


Outra ironia: ser atropelado por uma ambulância. Vez ou outra alguém larga essa em uma mesa de bar. O
complemento vem logo: pelo menos é socorrido na hora. Será? Sempre achei que sim.

Vinha agorinha voltando para casa e ouvi a sirene da ambulância. Como disse, moro perto do hospital, daí que escuto esse barulho todos os dias e não dou mais conta. A sirene soava mais próxima e BAQUE! Um motoqueiro no chão, derrubado pela ambulância. A sirene fez que parava, andou mais devagar, até que foi embora de vez.

Um tumulto se fez, porque sim, existem muitas pessoas solidárias nesse país. Vai ver não é coisa de país, mas isso não me importa agora. Naquele vuco-vuco, uns carros buzinavam querendo passar por cima da moto. Existem muitas pessoas atrasadas nessa cidade. No meio daquele sentimento coletivo de "vamos acudir o rapaz", levantaram-no. 

Mas ele deveria era ficar deitado bem aí onde ele caiu, aí a Samu vem buscar. 

Mas ômi! Ele acabou é de ser atropelado por uma ambulância!

5 comentários:

  1. O motorista da ambulância também estava atrasado!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois eh, o pessoal foi atrás do número da placa da ambulancia e iam denunciar.

      Excluir