Caxambu

Fomos ao parque. De carro até a metade do caminho. Em diante, a pé. A cidade só tem velhos é assim uma cidade meio triste. Falta um pouco de alegria. Poderiam ser velhos vivídos, mas parece que poucos são. Demasiados preocupados, não com a saúde, com as doenças e quem sabe a proximidade da morte. Talvez incomode muito ver que ninguém escapa de perder a cor dos cabelos a lisura da pele e o andar esguio. Dores e remédio caros. Amor? Na maior das vezes cachorros. Dizem que os homens vão primeiro, e me parece verdade.

P.S.: Esse texto foi escrito em 2009, quando visitei a cidade. Se não errada, a pontuação não é convencional. Mas mantive conforme o manuscrito, sabe-se lá o que passava pela minha mente naqueles dias. 

6 comentários: