Integridade

Considerando-se os seres humanos como sistemas harmoniosos, sua integridade depende do grau de equilíbrio que os elementos que o compõem mantêm entre si. O conjunto de elementos que configuram um ser forma uma unidade básica. A partir dessa compreensão, pode-se descrever cada elemento, cda parte, tendo por base a intenção original. A integridade se refere ao quanto o bem é completo e quanto preserva do equilíbrio entre os diversos elementos componentes. Um ser é passível de ser eventual ou intencionalmente modificado em partes ou no todo. Pode ser descaracterizado, degradar-se ao longo do tempo, deteriorar-se, ter a dimensão original reduzida, perder a qualidade do conjunto ou mesmo ser destruído. Por sofrer amputações ou acréscimos, é possível que venha a transformar-se em outra unidade. Muitas vezes inevitáveis, as transformações fazem parte da estratigrafia histórica.

5 comentários:

  1. Muito interessante seu post, lari.

    Existe uma linha de abordagem da realidade chamada de "pensamento sistêmico" que procura contrapor o pensamento "reducionista-mecanicista" e a psicologia analítica. Nessa linha o ser é observado de forma holística, como um todo.

    ResponderExcluir
  2. E é claro que envolve toda essa parte de transformação.

    ResponderExcluir
  3. é às vezes também me chama de WikiLaris, WikiLinho!

    ResponderExcluir
  4. E se pensarmos na sociedade como um sistema orgânico...

    ResponderExcluir